MG: Morro da Forca desmorona e destrói casarões no centro histórico de Ouro Preto – Hora do Povo

Desabamento destruiu dois casarões de Ouro Preto – Foto: Reprodução/Twitter

Dois imóveis históricos foram destruídos por um deslizamento de encosta do Morro da Forca, na manhã desta quinta-feira (13), em Ouro Preto, na região central de Minas Gerais.

Os imóveis ficavam na Rua Doutor Pacífico Homem, onde fica o Morro da Forca, no centro histórico. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil informou que eram edificações com patrimônio tombado. 

“Os bombeiros foram acionados por volta 8h30 para fazer a vistoria do local. Nesse tempo, devido aos problemas estruturais encontrado, toda a área foi evacuada. Um pouco mais tarde, por volta de 9h10, houve o colapso”, informou a corporação. 

Antes do desabamento, aproximadamente 500 metros para cada saída foram isolados e todas as pessoas foram evacuadas de suas residências, o que evitou um desastre ainda maior. “Conforme informações do local, ainda há uma instabilidade do talude. Se houver outro desmoronamento, há a possibilidade de um hotel e um restaurante serem atingidos”, informou a corporação. 

Imagens que flagram a destruição circulam nas redes sociais. A Defesa Civil da cidade havia isolado o local pouco antes do desabamento. Nos vídeos, é possível ver um imóvel de um pavimento e um casarão. A área atingida pelo desabamento fica a pouco mais de 300 metros, em linha reta, do Museu da Inconfidência. 

Minas Gerais sofre com a temporada de chuvas desde o ano passado. Até esta quinta-feira, eram 341 municípios em situação de emergência por conta das enchentes e desmoronamentos ocorridos por todo Estado. O número de mortes em decorrência da crise também é alto, são 25 mortes registradas.

Enquanto isso, o governo federal ignora a situação de Minas Gerais. A exemplo do que aconteceu com a Bahia, enquanto Bolsonaro estava de férias, nem uma única palavra foi dada pelo ocupante da Presidência da República sobre o Estado.

A ajuda financeira da União foi cobrada pelo prefeito de Belo Horizonte. Segundo Alexandre Kalil (PSD), o Estado precisa de mais assistência. “Não precisamos de voo de helicóptero (…). Sobrevoar é balela, você não vê nada. É hora de cheque, dinheiro. Saia daqui e vá para Brasília. Bons amigos devem ser recompensados”, disse o prefeito em entrevista a José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes.

 “A situação é difícil. É importante que o governo federal olhe para Minas Gerais. O presidente é amigo do governador, essa é a hora de mostrar que é amigo de verdade (…). São municípios sem estrutura. O governo de Minas Gerais já deveria ter feito uma ação”, criticou.

Fonte: horadopovo.com.br/mg-morro-da-forca-desmorona-e-destroi-casaroes-no-centro-historico-de-ouro-preto