Marta deu prova de grandeza política, diz Doria

Quem diria: “Marta Suplicy (foto) teve uma postura de alta dignidade e desprendimento ao apoiar Bruno Covas. Ela deu prova de grandeza política”, afirmou o governador João Doria (PSDB) neste sábado, 12, durante convenção do partido. A ex-prefeita de São Paulo se desligou do Solidariedade para apoiar a campanha de reeleição do prefeito Bruno Covas em nome de uma frente ampla para combater Jair Bolsonaro em 2022.

O que está em jogo é a corrida de Doria ao Palácio do Planalto, em 2022.

“Até agora nove partidos anunciaram apoio à candidatura de Bruno Covas: DEM, Podemos, MDB, PSC, Progressistas, PL, PROS, Cidadania e PV. É o maior arco de alianças da eleição municipal deste ano reunindo todos por São Paulo”, disse Wilson Pedroso, coordenador da campanha de Covas e ex-chefe de gabinete de Doria. O MDB forneceu o vice de Covas para a chapa majoritária, o vereador Ricardo Nunes, e espera o apoio à candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB) à presidência da Câmara.

Como você leu no BRP, a corrida pela Prefeitura de São Paulo tem uma largada embolada nas primeiras posições, com leve vantagem para o atual prefeito, que assumiu o cargo em 2016 depois da renúncia de Doria, segundo pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Atlas e registrada no  sob o  nº SP-06002/2020. Ela foi realizada com coleta aleatória via questionário estruturado na internet.

No levantamento, Covas tem 16%, seguido de um pelotão empatado: Guilherme Boulos (PSOL), com 12,4%; Celso Russomanno (Republicanos), com 12,3%; e Márcio França (PSB), que aparece com 11,5%.

Fonte: brpolitico.com.br/noticias/marta-deu-prova-de-grandeza-politica-diz-doria

Coronavírus em Tempo Real