Ceir entrega mais de mil equipamentos de reabilitação durante pandemia

Entre 18 de março e 22 de junho, o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) entregou 923 equipamentos que auxiliam na reabilitação produzidos pela oficina ortopédica, como órteses e próteses; palmilhas, sapatos e botas; colete, colar cervical. Nesse mesmo período, o centro também entregou mais de 100 próteses auditivas.

Todo o trabalho foi desenvolvido após a inclusão de entrega de órteses e próteses como serviços essenciais nos decretos de isolamento social da Prefeitura de Teresina e do Governo do Estado e atende pedidos que já haviam sido solicitados, via secretarias municipais de Saúde e Fundação Municipal de Saúde, e estavam na fila de espera.

Durante a pandemia da Covid-19, os equipamentos estão sendo entregues diretamente nas residências dos pacientes, no caso de Teresina, ou enviados para as secretarias municipais de Saúde, no caso do interior. Os aparelhos auditivos foram entregues no Ceir, com agendamento e sem aglomerações.

O superintendente multiprofissional do Ceir, Aderson Luz, explica como o trabalho vem sendo feito durante a pandemia. “Estamos tomando todas as medidas necessárias para que nossos colaboradores trabalhem com segurança e respeitando todas as orientações dos órgãos de saúde. Também vale ressaltar que estamos atendendo apenas os pedidos que já tinham sido efetuados antes da pandemia, diminuindo, assim, a fila de espera para o recebimento desses equipamentos em todo o estado”, esclarece Luz.

Protocolo Ceir para reabertura dos serviços

A Associação Reabilitar, organização sem fins lucrativos que administra o Ceir, está concluindo um protocolo (Protocolo Ceir), seguindo as determinações dos protocolos do Governo do Estado e da Prefeitura de Teresina, para retorno gradual das atividades de alguns setores. O Centro de Diagnósticos do Ceir já começou a funcionar, realizando procedimentos autorizados e encaminhados pela Fundação Municipal de Saúde, que regula o SUS.

A Associação Reabilitar já está estruturando todo o Ceir com equipamentos de proteção e de higienização necessários para a prevenção da Covid-19.

O retorno só será feito mediante autorização do Governo do Estado e Prefeitura de Teresina e seguindo todas as determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Tanto os funcionários quantos os pacientes serão informados sempre que um novo setor for autorizado a funcionar.

Fonte: Ccom

Coronavírus em Tempo Real