Musk diz ser 'possível' que Twitter tenha dado preferência a esquerdistas em eleição no Brasil

O bilionário não forneceu provas sobre a sua declaração. Musk completou a compra do Twitter em 27 de outubro, poucos dias antes do segundo turno da eleição presidencial do Brasil. Elon Musk, dono do Twitter, fez piadas após debandada de funcionários que põe em risco funcionamento da rede social
Adrees Latif/File Photo/Reuters
O dono do Twitter, Elon Musk, disse neste sábado (3) achar “possível” que a equipe da empresa de mídia social tenha dado preferência a candidatos de esquerda durante as eleições brasileiras deste ano, sem fornecer provas.
Musk completou a compra do Twitter em 27 de outubro, poucos dias antes do segundo turno da eleição presidencial do Brasil, quando o candidato Jair Bolsonaro (PL) foi derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
“Vi muitos tweets preocupantes sobre as recentes eleições no Brasil”, escreveu Musk no Twitter quando questionado por um usuário sobre eleições possivelmente “manipuladas” pela gestão anterior da empresa.
“Se esses tweets forem precisos, é possível que o pessoal do Twitter tenha dado preferência a candidatos de esquerda”, acrescentou o bilionário.
No início deste ano, Bolsonaro recebeu Musk em uma reunião em São Paulo, quando chamou a aquisição do Twitter pelo bilionário americano de “um sopro de esperança” e o apelidou de “lenda da liberdade”.
Tanto Lula quanto Bolsonaro usaram amplamente o Twitter durante suas campanhas. Alguns aliados de Bolsonaro – incluindo o candidato mais votado à Câmara dos Deputados, Nikolas Ferreira – tiveram suas contas suspensas por ordem judicial após o segundo turno por questionarem o resultado da eleição.

Fonte: https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2022/12/03/musk-diz-ser-possivel-que-twitter-tenha-dado-preferencia-a-esquerdistas-em-eleicao-no-brasil.ghtml