Justiça dos EUA suspende processo do Twitter contra Elon Musk para permitir conclusão de compra da rede social | Tecnologia

A Justiça dos Estados Unidos determinou nesta quinta-feira (6) a suspensão do processo que o Twitter move contra Elon Musk após o bilionário desistir de comprar a rede social. O objetivo é permitir que ele tenha tempo para retomar a aquisição, como foi anunciado na terça-feira (4).

O processo ficará suspenso até 28 de outubro até as 17h, no horário local (18h, no horário de Brasília). Neste período, Musk deve encontrar meios de financiar a transação. Em abril, ele chegou a um acordo para pagar US$ 54,20 por ação do Twitter, o que totaliza cerca de US$ 44 bilhões.

Em sua decisão, a juíza Kathaleen McCormick disse que, se o negócio não for concluído no prazo, um julgamento poderá ser marcado para novembro. Até então, os advogados do Twitter e de Elon Musk se encontrariam no tribunal em 17 de outubro.

O conselho de administração da rede social aceitou em abril a proposta que Musk fez para se tornar o único dono da empresa. Em julho, porém, o bilionário sinalizou formalmente que tinha desistido do negócio por falta de informações corretas sobre a quantidade de contas falsas na plataforma.

Nesta semana, Musk voltou atrás e informou que aceita pagar o valor proposto inicialmente. Na rede social, ele afirmou que “comprar o Twitter é um acelerador para criar o X, o aplicativo de tudo”, em referência ao que seria sua nova plataforma.

2 de 2 Elon Musk disse no Twitter que compra da rede social pode acelerar criação do X, que, segundo ele, será um ‘aplicativo de tudo’ — Foto: Reprodução/Twitter

Elon Musk disse no Twitter que compra da rede social pode acelerar criação do X, que, segundo ele, será um ‘aplicativo de tudo’ — Foto: Reprodução/Twitter

Em carta apresentada nesta quinta-feira no processo, Musk disse que está trabalhando com bancos para financiar o negócio, mas que precisava de mais tempo. Segundo ele, um pequeno atraso seria mais vantajoso do que uma longa batalha judicial.

O Twitter, por sua vez, pedia que a tramitação do processo fosse mantida. Para a empresa, o plano de Musk seria “um convite para mais prejuízos e atrasos”.

Fonte: https://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2022/10/06/justica-dos-eua-suspende-processo-do-twitter-contra-elon-musk-para-permitir-conclusao-de-compra-da-rede-social.ghtml