FMS esclarece que notícia de processo seletivo para o Samu é falsa

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) se pronunciou sobre a divulgação do processo seletivo unificado para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da capital e afirmou que se trata de uma notícia falsa.

O anúncio que está circulando nas redes sociais oferece o salário inicial de R$ 994,70 que poderia chegar a até R$ 3.438,21 por mês e não exige experiência para a realização dos serviços.

O Samu é um programa do Governo Federal que atua na capital administrado pela Fundação Municipal de Saúde, da Prefeitura de Teresina. Através do Samu são prestados atendimentos a pacientes nos casos de urgência clínica, psiquiatra, traumática e obstétrica.

A FMS esclareceu que ainda não há uma previsão de quando serão contratados novos profissionais e que a seleção é feita através da realização de concurso público.