Final da Libertadores terá bafômetro e veto a bonés e óculos de Sol

A Conmebol divulgou a lista de normas de segurança para a final da Libertadores. No acesso ao Estádio Monumental de Lima, a polícia peruana vai monitorar a entrada dos torcedores de Flamengo e River Plate, além de aplicar o teste do bafômetro em pessoas que aparentem ter consumido álcool.

“O pessoal da Polícia Nacional do Peru contará com medidores qualitativos de ar expirados, para aplicar aleatoriamente o teste do bafômetro às pessoas das quais possa-se presumir estarem sob a influência de álcool, procedendo a negar sua entrada e providenciar sua retirada, caso resulte positivo”, publicou a Conmebol.

Torcedores que não aceitarem se submeter ao teste serão impedidas de entrar no estádio. O porte de objetos pontiagudos e afiados, armas de fogo e dispositivos pirotécnicos também resultam na proibição de assistir a partida. Outros itens estão proibidos, como bonés, óculos de sol e cintos. Pessoas que estiverem com o rosto pintado também não poderão entrar no estádio.

Estão liberadas apenas a entrada de papel picado, bandeiras de no máximo 2×1 metros, bexigas que possam ser enchidas apenas com o ar dos pulmões e faixas de até 1,5 metro de altura.

As normas impostas pela Conmebol têm como base a Lei peruana Nº 30037, “Lei que previne e sanciona a violência nos espetáculos esportivos”.

A primeira final em jogo único da história da Libertadores coloca frente a frente Flamengo e River Plate. O jogo está marcado para o dia 23 de novembro, às 17h (de Brasília).

(Com Gazeta Press)

Fonte: veja.abril.com.br/esporte/final-da-libertadores-tera-bafometro-e-veto-a-bones-e-oculos-de-sol