‘Euphoria’: a intensa e voluptuosa rotina da Geração Z

(Em exibição a partir de domingo, 23h, na HBO) Tudo é intenso e voluptuoso em Euphoria, versão americana de uma série israelense. Rue (Zendaya, ótima) desde a infância é usuária dos muitos medicamentos que prometem abater transtornos como o déficit de atenção e a ansiedade. Dos remédios ela parte para drogas ilegais, sofre uma overdose e é levada para a reabilitação. Os vícios, contudo, continuam, e a chegada da jovem trans Jules (a estreante Hunter Schafer) ao colégio interfere na já nada tranquila rotina dos estudantes. A fotografia de sombras duras e a enérgica trilha musical (o rapper Drake é coprodutor) potencializam a trajetória dos personagens: adolescentes nascidos na virada do milênio — a tal Geração Z, criada com muitas telas e pouca privacidade.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/veja-recomenda/euphoria-a-intensa-e-voluptuosa-rotina-da-geracao-z