Corinthians recusa troca de Camacho por Wellington e impõe condição para fazer negócio

O propôs ao uma troca que envolveria Wellington e Camacho. A Gazeta Esportiva apurou que a diretoria alvinegra recusou prontamente a oferta.

O ponto principal de discordância remete ao contrato dos dois atletas. Enquanto o volante do Furacão tem vínculo apenas até o fim da atual temporada, o jogador corintiano tem contrato até dezembro de 2022 com um adendo importante: o alvinegro detém 100% dos direitos econômicos dele.

imagem08-09-2020-19-09-49
imagem08-09-2020-19-09-49
Wellington é torcedor do São Paulo e foi capitão do Athletico-PR com Tiago NUnes (Foto: Athletico-PR)

Desta maneira, o Corinthians impôs uma condição aos athleticanos. Caso o clube rubro-negro queira, de fato, levar Camacho, precisará pagar para comprar o atleta. Do contrário, a conversa deve ser encerrada.

Tiago Nunes trabalhou com os dois volantes no Athletico. Quando acertou com o Timão, o técnico pediu o retorno de Camacho, que estava apenas emprestado ao time paranaense. Ter Wellington no plantel também seria do agrado do treinador.

Como Wellington já disputou seis partidas pelo Campeonato Brasileiro, o Athletico tem pressa para resolver a questão. Se entrar em campo mais uma vez, o jogador não poderá mais defender nenhuma outra equipe brasileira até o fim do nacional.

Fonte: www.gazetaesportiva.com/times/corinthians/corinthians-recusa-troca-de-camacho-por-wellington-e-impoe-condicao-para-fazer-negocio

Coronavírus em Tempo Real