O que fizemos agora foi muito maior do que em 2008, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto (arquivo)

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta terça-feira, 7, que o que foi feito agora para mitigar os efeitos da pandemia de coronavírus na economia foi muito maior do que o que foi feito em 2008, durante a crise financeira que quebrou vários bancos pelo mundo.

“As medidas anunciadas até agora já chegaram a R$1 trilhão, o que corresponde a 16,7% do PIB. Em 2008, esse percentual foi de 3,5% do PIB”, disse em reunião coletiva, na qual falou por cerca de 20 minutos na abertura do evento.

“Uma liberação de capital desse tamanho na economia é inedita no Brasil. Nunca havia sido feita”, completo.

Campos Neto disse ainda que, compreende a ansiedade da sociedade para que esse dinheiro chegue na outra ponta, mas que “comparado a outros países, fomos rápidos e fizemos anúncios grandes”.

 

 

Fonte: exame.abril.com.br/economia/o-que-fizemos-agora-foi-muito-maior-do-que-em-2008-diz-campos-neto