Ibovespa opera estável nesta sexta | Economia

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores de São Paulo, a B3, opera estável nesta sexta-feira (7), após a divulgação dos dados de emprego dos Estados Unidos que podem influenciar na política monetária norte-americana.

Às 10h04, o Ibovespa caía 0,06%, a 117.485 pontos. Veja mais cotações.

No dia anterior, o índice subiu 0,31%, a 117.561 pontos. Com o resultado, acumula alta de 6,84% no mês e de 12,15% no ano.

  • Como o dólar valorizado afeta a todos

O que está mexendo com os mercados?

Os Estados Unidos criaram 263 mil empregos em setembro. Com isso, a taxa de desemprego foi estimada em 3,5%, abaixo dos 3,7% do mês anterior. Foi o 21º mês consecutivo de abertura de vagas, com destaque para os setores de lazer e hospitalidade e de saúde.

O indicador é importante para investidores terem uma ideia da força da economia americana e projetar os próximos passos do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

Se os dados mostrarem um mercado de trabalho ainda forte, a leitura tende a ser de que a instituição monetária precisará continuar firme no processo de aperto monetário, para esfriar a economia de forma a conter a inflação mais alta em décadas. O banco central dos EUA já subiu sua taxa de juros em 3 pontos percentuais desde março deste ano.

Investidores temem que altas muito intensas nos custos dos empréstimos nas principais economias leve a uma recessão global, o que tem aumentado a demanda por ativos seguros, como o dólar.

No cenário local, o primeiro turno das eleições surpreendeu os mercados positivamente, depois da formação de um Congresso mais à direita e de um desempenho melhor do que o esperado do atual presidente Jair Bolsonaro (PL).

O resultado aumentou a pressão para que o mais votado na primeira rodada do pleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), modere seu discurso e sua agenda econômica.

Mas os especialistas ponderam que os mercados domésticos podem ficar mais sensíveis aos desdobramentos eleitorais à medida que se acirre a disputa entre os dois.

Dados divulgados pelo IBGE mostram que as vendas do comércio caíram pelo terceiro mês seguido. Mas, na comparação com o ano passado, cresceram 1,6%.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2022/10/07/ibovespa.ghtml