Gás de cozinha da Petrobras fica 4,7% mais barata para distribuidoras a partir de hoje | Economia

O gás de cozinha vendido pela Petrobras às distribuidoras fica 4,7% mais barato a partir desta terça-feira (13).

Com a redução, o preço médio cobrado das distribuidoras pela estatal passa de R$ 4,23 por quilo para R$ 4,03 por quilo a partir de terça-feira (13) – equivalente a R$ 52,34 por 13 quilos (o peso do conteúdo do botijão comum).

  • Sem dinheiro para comprar botijão de gás, famílias passam a usar carvão e lenha para cozinhar no interior do RN
  • Com alta do gás, família improvisa fogão a lenha para cozinhar em Rio Branco: ‘difícil’

Sem comida, sem gás de cozinha: famílias enfrentam dificuldades para garantir botijão

“Essa redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio”, afirmou a estatal em nota.

O preço do GLP havia sido alterado pela última vez no dia 9 de abril deste ano, quando o quilo passou de R$ 4,48 para R$ 4,23 por kg, equivalente a R$ 54,94 por 13kg.

Na semana encerrada em 3 de agosto, o botijão foi vendido, em média, a R$ 111,57 no país. Desse valor, R$ 54,94 referem-se à Petrobras.

A distribuição e a revenda respondem pela segunda maior parcela do custo ao consumidor, de R$ 44,79. Já o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), representa R$ 11,84%. Os impostos federais sobre o gás de botijão estão zerados até o final deste ano.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2022/09/13/gas-de-cozinha-da-petrobras-fica-47percent-mais-barata-para-distribuidoras-a-partir-desta-terca.ghtml