Projeto oferece linha de crédito e capacitação a empreendedores

Através do projeto Tecnologia Comercial e Criativa, a Prefeitura de Teresina está abrindo linha de crédito, através do Banco Popular, capacitando e prestando consultoria gratuita aos pequenos empreendedores da capital.

Segundo a prefeitura, ao todo, estão sendo aplicados R$ 1 milhão nas ações com o objetivo de dar apoio a pequenos negócios no período de pandemia do novo coronavírus.

A intenção é preparar o empreendedor autônomo e o MEI para atuarem na venda através da internet. Isso deverá acontecer por meio de três etapas. A primeira é a capacitação, através da Fundação Wall Ferraz; a segunda é o financiamento, que acontece por meio do Banco Popular, e a terceira é o acompanhamento. Nesta última etapa, os empreendimentos serão orientados através de consultoria específica e terão seus produtos e serviços cadastrados no site Empreende THEch, que funciona como uma vitrine virtual pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC).

Na fase inicial, os empreendedores serão capacitados nas áreas de empreendedorismo, marketing, mídias sociais, compra e venda on-line (e-commerce) e aplicação da modelagem de negócio, através da ferramenta CANVAS. Já na fase de financiamento, ele terá acesso a duas modalidades, a de capital de giro, no valor de até R$ 4 mil e a de máquinas e equipamentos, que pode chegar à R$ 10 mil.

“Esse projeto é muito importante para os empreendedores autônomos e MEIs, que têm sofrido neste período de pandemia, é uma forma de eles continuarem no mercado. Além disso, muitos deles não atuavam através das vendas online ou das redes sociais, então com este projeto eles vão ter a capacitação, através da qual eles saberão usar as melhores estratégias para o universo online, além do suporte financeiro através do Banco Popular e do acompanhamento, após a liberação do financiamento”, disse o gerente do Banco Popular, Michel Sena.

A expectativa é que sejam beneficiados cerca de 500 empreendedores de Teresina. Os interessados em participar do projeto devem procurar a Semest (Secretaria Municipal de Economia Solidária), através do telefone (86) 994800501.

Fonte: www.viagora.com.br/noticias/projeto-oferece-linha-de-credito-e-capacitacao-a-empreendedores-82852.html

Coronavírus em Tempo Real