Câmara de Teresina tenta evitar greve de motoristas e cobradores de ônibus

Foto: Apoliana Oliveira

vereador Enzo Samuel (PDT) usou a tribuna da Câmara Municipal de Teresina na quarta-feira, 23 de novembro, para falar sobre a situação de transporte público em que os trabalhadores ameaçam fazer uma nova greve, diante da informação de que as empresas não farão o pagamento do 13 salário. 

Enzo Samuel disse que esse problema precisa ser solucionado e a Câmara Municipal é parceira na busca por soluções. O parlamentar sinalizou que a ausência de ônibus afeta o comércio do centro da cidade. “Sei que a crise não é exclusividade de Teresina, mas de grandes cidades do Brasil”, disse.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Antônio Cardoso, disse que já enviou ofício para uma audiência no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) em relação ao pagamento do 13 salário, pois o Setut pontuou que não paga porque não recebeu nenhum benefício da Prefeitura junto com a Strans.

Antônio Cardoso disse que a categoria não quer parar os serviços. “Começamos com os vereadores Evandro Hidd e Enzo Samuel e estamos acompanhando a sessão e vamos contatar cada vereador para uma solução “.