Despedida de Eduardo Bolsonaro na Câmara terá militares do governo

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) quer se despedir da Câmara em grande estilo. Lembrando que ele terá que renunciar ao mandato para tentar a sorte como embaixador dos Estados Unidos. Se aprovado pelo Senado.

Já está tudo pronto. Será num evento repleto de militares de alta patente. É o seminário internacional “Desafios à Defesa Nacional e o papel das Forças Armadas”, em 14 de agosto. Será no auditório Nereu Ramos, o maior da Câmara.

O filho de Bolsonaro preside a Comissão de Relações Exteriores, que organiza o seminário, mas a presença de  Eduardo é que garante a presença dos convidados.

Na abertura o “03” vai comandar uma mesa com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, e os três comandantes de forças: general Edson Pujol (Exército), almirante Ilques Barbosa Júnior (Marinha) e o brigadeiro Antônio Carlos Moretti Bermudez (Exército).

Militares e especialistas na área militar de outros países estarão presentes também.

O evento é uma parceria com o Instituto de Relações Internacionais e Defesa (Inforel), do jornalista Marcelo Rech, que irá mediar os trabalhos.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/despedida-de-eduardo-bolsonaro-na-camara-tera-militares-do-governo