Dança, ‘voo’ e euforia: o que esperar do show do BTS no Brasil

A banda BTS, maior símbolo do fenômeno k-pop, desembarca no Brasil para duas apresentações no Allianz Parque, em São Paulo, neste sábado 25 e domingo 26. Com a chegada dos ídolos que conquistaram muito mais do que a Coreia do Sul – os 39.000 ingressos para a primeira apresentação brasileira esgotaram em questão de horas e só nas últimas semanas alguns voltaram à venda (entenda abaixo) – surge também a ansiedade pela aguardada performance. Afinal, o que os fãs podem esperar da passagem do grupo pelo Brasil?

Escorregador gigante, fogo e danças coreografadas

Parte do encanto que cativou o público durante a turnê Love Yourself: Speak Yourself pode ser creditado à produção do evento. Em 2h30 de apresentação, o grupo dá um show (literalmente) de surpresas, para muito além da velha e conhecida pirotecnia e das projeções em telões. Um dos pontos altos é o “voo” do integrante Jung-kook sobre a plateia, quando ele se segura em uma espécie de tirolesa durante a canção Euphoria e passeia pelo estádio. Um escorregador inflável, um globo de neve gigante e projeções holográficas completam a lista. A dança, como parte fundamental do gênero k-pop, não poderia ficar de fora. Nos Estados Unidos, único país a ter recebido a nova turnê antes do Brasil, os coreanos impressionaram críticos de diversos veículos ao mostrar seu ritmo com coreografias precisas. Em alguns momentos, os sete integrantes são acompanhados por vários dançarinos.

Interação com os fãs

Apesar de contar com todos os elementos visuais listados acima, o que conquistou a crítica americana foi a conexão dos membros da banda – tanto com os fãs quanto entre si. Descritos como “talentosos” e “cheios de energia”, os coreanos utilizaram o tempo entre as músicas para expressar sua gratidão aos fãs, que retribuíram com gritos, aplausos e lágrimas. “Vocês são as estrelas da nossa noite e o farol que nos guia”, disse o líder RM durante a abertura da turnê na Califórnia.

Músicas

A apresentação engloba 24 canções de oito álbuns da banda, incluindo o recém-lançado Map of The Soul: Persona, de abril, além de apresentações solo de cada um dos membros. Confira a setlist:

  • Dionysus 
  • Not Today 
  • Outro: Wings 
  • Trivia: Just Dance 
  • Euphoria
  • Best of Me
  • Serendipity
  • Trivia: Love
  • Boy With Luv
  • Dope
  • Baepsae
  • Fire
  • Idol
  •  Singularity
  • Fake Love
  • Trivia: Seesaw
  • Epiphany
  • The Truth Untold
  • Outro: Tear
  • Mic Drop
  • Anpanman
  • So What
  • Make It Right
  • Mikrokosmos
  • O que não levar?

    A arena possui uma lista vasta de objetos proibidos, que varia desde armas de fogo até buzinas de ar. Os destaques vão para mochilas ou bolsas maiores que 20×30 centímetros, garrafas, latas, câmeras e filmadoras profissionais, câmeras de ação (GoPro), tablets, certos tipos de cartazes, bastão para tirar foto e guarda-chuva.

    Outros detalhes

    Oficialmente, os ingressos para as duas apresentações estão esgotados, mas algumas entradas ainda podem ficar disponíveis ao longo dos dias – isso porque, quando um pagamento é rejeitado, o ingresso volta a ficar à venda no site, mas não há garantia. Os valores variam de 145 reais (cadeira superior, meia-entrada) a 975 reais (soundcheck package, inteira). Os shows acontecem na arena Allianz Parque (Av. Francisco Matarazzo, 1705 – Água Branca, São Paulo – SP), com a abertura dos portões às 15h e o início da apresentação às 19h.

    Fonte: veja.abril.com.br/entretenimento/danca-voo-e-euforia-o-que-esperar-do-show-do-bts-no-brasil