Damares diz que PGR divulgou endereço de esconderijo de testemunhas no Rio

Damares Alves decidiu acionar a procuradora dos Direitos do Cidadão, Débora Duprat, no Conselho Nacional do Ministério Público.

Em maio, Duprat mandou divulgar no site da Procuradoria-Geral da República uma recomendação sobre o pedido de prestação de contas de uma entidade responsável pela proteção a testemunhas no Rio.

No afã de acossar o ministério de Damares, Duprat acabou divulgando o nome e o endereço da entidade, o que, para o governo, acabou colocando as testemunhas lá abrigadas em situação de risco.

Nem mesmo Damares sabe a identidade das testemunhas, mas sabe-se que a maior parte delas é protegida contra ameaças da milícia carioca.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/damares-diz-que-pgr-divulgou-endereco-de-esconderijo-de-testemunhas-no-rio