Corpos de alpinistas brasileiros são encontrados na Patagônia

O Itamaraty confirmou na última segunda-feira, 4, que os corpos do mineiro Leandro Ianotta e do capixaba Fabrício Amaral foram localizados na Patagônia. Os alpinistas pretendiam escalar o Monte Fitz Roy, no Parque Nacional Los Glaciares, na Patagônia, na divisa entre Argentina e Chile, mas enfrentaram uma tempestade e desapareceram no dia 19 de janeiro.

“O Consulado-Geral do Brasil em Buenos Aires recebeu a informação oficial de que foram localizados os corpos dos montanhistas brasileiros Leandro Oliveira Iannotta e Fabricio Amaral de Souza. O Ministério lamenta o acidente fatal e informa que continuará a acompanhar o assunto e a prestar apoio consular às famílias, a quem estende sua solidariedade”, comunicou o Itamaraty.

O Ministério também esclareceu que os corpos dos montanhistas foram encontrados em um lugar de difícil acesso e, por isso, ainda não foram resgatados. “O assunto encontra-se agora sob a responsabilidade da Justiça argentina, que investigará as causas do acidente e decidirá sobre o resgate dos corpos”.

Luciana Amaral, irmã de Fabrício, publicou um texto em suas redes sociais, no último domingo, agradecendo às mensagens de apoio. “Recebemos a notícia através do Consulado que os montanhistas foram encontrados em local de difícil acesso. O membros do resgate alcançaram o local por terra e não houve sobrevoo. Agradecemos a todos vocês que rezaram por ele e pela nossa família, transmitindo todo o carinho e cuidado com a gente”, disse.

View this post on Instagram

Amigos, recebemos a pouco a notícia através do Consulado que “os corpos dos montanhistas foram encontrados em local de difícil acesso. Os resgatistas alcançaram o local por terra e não houve sobrevoo… agora a justiça argentina determinará os próximos passos e informará oficialmente sobre o local do acidente.” Agradecemos a todos vocês que rezaram por ele e pela nossa família, transmitindo todo o carinho e cuidado com a gente. Aos que conheciam o Fabricio sabiam o quanto aquele lugar era importante pra ele. O quanto os olhos brilhavam a cada vez que ele planejava ir para lá. E temos a certeza de que ele estava feliz. Feliz em realizar seus sonhos, feliz em fazer o que gosta, feliz… A nossa dor é grande, mas temos a certeza e a fé de que ele foi acolhido pelos braços do nosso Pai maior.

A post shared by Luciana Amaral (@luamaralmariz) on Feb 3, 2019 at 7:12am PST