Como os presos da PF em Curitiba acompanham o furacão contra a Lava-Jato

Um misto de apreensão com euforia tomou conta de algumas celas na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, após os vazamentos de mensagens da Lava-Jato.

Léo Pinheiro, um dos integrantes da banca de delatores, tem se mostrado temeroso com o futuro de seu acordo. Quem pede sua opinião recebe um vago e desanimado:

“Temos que esperar para ver”.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/como-os-presos-da-pf-em-curitiba-acompanham-o-furacao-contra-a-lava-jato