Clube francês demite jogador que roubou relógio em vestiário

O Nice rescindiu o contrato de Lamine Diaby Fadiga, atacante de 18 anos que admitiu ter roubado o relógio do dinamarquês Kasper Dolberg no vestiário da equipe, anunciou nesta terça-feira, 1º, o clube francês.

A rescisão do contrato tem “efeito imediato”, continuou o Nice, afirmando que a decisão foi tomada sem levar em consideração as partes “esportivas e financeiras”.

Lamine Diaby Fadiga admitiu na semana passada ter roubado um relógio pertencente ao companheiro Dolberg, com valor estimado em 70.000 euros (mais de 300.000 reais), ocorrido em 16 de setembro no vestiário da equipe principal do Nice.

O jovem atacante pediu desculpas pelo ocorrido ao clube, a Dolberg, ao capitão brasileiro Dante e ao técnico Patrick Vieira.

Jogador das seleções de base da França, Fadiga não deve ficar sem clube por muito tempo. Segundo várias fontes, estaria próximo a assinar com o Paris FC, atual lanterna da 2ª divisão francesa.

Fonte: veja.abril.com.br/esporte/clube-frances-demite-jogador-que-roubou-relogio-em-vestiario