Rússia ameaça venda de celulares da Samsung; entenda o caso

A Samsung foi proibida por decisão judicial de importar e vender 61 modelos de smartphones na Rússia. Isso porque a marca sul-coreana responde processo por quebra de patente, em que foi condenada em primeira instância. No entanto, a determinação ainda não possui efeito legal, já que a fabricante entrou com recurso.

A autora do processo é a empresa SQWIN SA, que acusa a fabricante coreana de ter utilizado uma tecnologia patenteada no sistema de pagamentos Samsung Pay. Ainda que a Samsung seja condenada, a decisão não deve afetar a comercialização de aparelhos no Brasil ou em outros países.

🔎 Galaxy A52S recebe novo pacote de atualização com correções críticas

Samsung Pay permite realizar pagamento com o celular via NFC — Foto: Divulgação/Samsung

O Samsung Pay é uma ferramenta que funciona como uma carteira virtual e que permite o pagamento por aproximação. A funcionalidade otimiza a rotina das pessoas na hora das compras, uma vez que o usuário precisa apenas encostar o telefone na máquina e autorizar a transação via PIN ou impressão digital, sem a necessidade de um cartão físico por perto.

Já a SQWIN SA, empresa suíça responsável pelo processo, é justamente uma rede de pagamento eletrônico. De acordo com o site da companhia, a tecnologia por trás do SQWIN Pay – ferramenta similar ao Samsung Pay – é protegida por patente em vários países. E, provavelmente, a Rússia está entre essas regiões.

Como o processo ainda tramita em primeira instância, não há uma sentença definitiva. Portanto, a gigante sul-coreana segue permitida de comercializar os seus aparelhos que disponibilizem a tecnologia NFC para pagamento por aproximação por meio do Samsung Pay, como os dobráveis recentemente lançados Galaxy Z Flip 3 e Z Fold 3.

O dobrável Galaxy Z Fold 3 está entre os modelos que podem ser proibidos na Rússia — Foto: Divulgação/Samsung

Vale destacar que, de acordo com o site GSM Arena, a Samsung Pay ocupa o terceiro lugar entre os sistemas de pagamento por aproximação mais utilizados na Rússia, com uma fatia de 17% das transações. A empresa sul-coreana fica atrás apenas do Google e da Apple, que detêm 32% e 30% dessa estatística, respectivamente.

A Samsung foi uma das pioneiras na oferta de carteira virtual no Brasil. A tecnologia, que hoje está disponível em grande parte dos celulares, foi lançada no país em 2015, junto com o modelo Galaxy S6.

Com informações de GSM Arena e Android Headlines

Mais do TechTudo Galaxy S21 FE: Samsung quer repetir sucesso de celular econômico

Article Photo
Article Photo
Equipe invade iPhone 13 Pro em tempo recorde e leva prêmio de R$ 1 milhão
Article Photo
Article Photo
Toques para celular Samsung: como mudar no smartphone
Article Photo
Article Photo

📝 Celulares Galaxy são resistentes? Participe da conversa no Fórum TechTudo

Fonte: www.techtudo.com.br/noticias/2021/10/russia-ameaca-venda-de-celulares-da-samsung-entenda-o-caso.ghtml