Notebook: como escolher o teclado ideal

Se você quer um teclado para complementar seu setup do home office ou precisa de uma peça complementar porque o do notebook não está muito bom, o Shoptime tem algumas dicas para você fazer a melhor escolha.

– PC ou Mac: A grande maioria dos teclados no mercado nacional é desenvolvida para usuários de PC e Windows, com as teclas típicas do sistema operacional. Usuários de computadores da Apple vão encontrar menos opções e, muitas vezes, com preço mais alto. Mas existem os teclados adaptáveis, em que a tecla Start/Windows alterna com Option para Mac e Alt alterna com Command, além da sequência de funções, no alto do teclado.

Algumas opções de marcas especializadas em teclados permitem múltiplas conexões com diferentes computadores, tablets e smartphones. Com o toque de uma tecla, a conexão Bluetooth alterna entre um Macbook, um notebook com Windows e um iPad, por exemplo.

– Idioma: Os teclados mais comuns aparecem em dois layouts: modelo comum US (em inglês, com teclas de ponto-e-vírgula e vírgula ao lado do Enter) e o ABNT2 (com tecla de cedilha). Se você precisa trocar o teclado de um notebook mais antigo, ainda do layout ABNT (sem cedilha), vai precisar procurar uma adaptação.

– Tipo de uso: É importante considerar qual será o uso do teclado, já que existem produtos para situações diferentes. Enquanto gamers preferem teclados mecânicos, que aguentam mais "pancadas" nas teclas, quem trabalha com texto costuma preferir um toque macio e mais silencioso dos chamados teclados de membrana. Considere ainda se você precisa de teclado numérico ou não.

– Tipo de conexão: As opções mais baratas são os teclados com fio com USB tipo A, o conector padrão que encontramos em todos os notebooks. Já os teclados mais recentes podem usar USB-C, o que será um problema para quem tem uma máquina um pouco mais antiga.

Pela latência, gamers preferem teclado com fio, enquanto as opções sem fio, com conexão Bluetooth, atendem muito bem quem vai trabalhar e estudar. Porém, notebooks e Macbooks antigos também podem ter problema para conectar via Bluetooth com teclados mais novos, então você vai precisar manter uma porta USB destinada para um adaptador.

– Modelo e design: A próxima fase da escolha vai muito da preferência. Além do tipo, tamanho e formato das teclas, você encontra modelos com ou sem iluminação nas teclas, do tipo backlight ou com LED colorido, com teclas cambiáveis (especialmente úteis para gamers e programadores), além de diferentes cores e acabamento.

Há ainda os modelos ergonômicos, que têm altura e posição das teclas de forma a melhorar a usabilidade e prevenir dores nas mãos e punhos. Tenha atenção também com o tipo de bateria do acessório: pode ser com pilhas ou bateria interna, para carregar via cabo.

– Teclado novo para notebook: Se você precisa trocar o teclado do seu notebook, comece verificando a marca e modelo do computador, antes de buscar o site do fabricante para procurar a disponibilidade de peças.

Outra forma de descobrir a compatibilidade é o Part Number, que costuma estar nas etiquetas principais ou abaixo do teclado. Se o fabricante não oferecer a peça original para troca, você consegue encontrar teclados compatíveis. Em último caso, a opção é investir em um teclado com fio ou Bluetooth para usar com seu notebook.

E antes de fazer sua compra, leia os comentários dos consumidores para conhecer experiências reais de usuários.

Visite o Shoptime para pesquisar notebooks e acessórios, além de tudo o que sua casa precisa. Baixe o app Shoptime para receber ofertas exclusivas e acompanhar suas entregas.

Fonte: www.techtudo.com.br/noticias/2021/10/notebook-como-escolher-o-teclado-ideal.ghtml