Ar-condicionado Inverter, portátil ou smart? Conheça os diferentes tipos

O ar-condicionado é um item que faz diferença no verão e que pode ser encontrado em vários modelos diferentes. A versão split é uma das mais populares, podendo apresentar motores mais eficientes no gasto de energia, além de conectividade smart. Já o portátil pode ser a opção para quem não pode ou não quer fazer instalação na parede, enquanto o de janela é o modelo com preços mais acessíveis do mercado.

Na lista a seguir, entenda as principais diferenças e características dos principais tipo de ar-condicionado. Vale lembrar que, na hora da escolha, é importante considerar também uma série de fatores – como o tamanho do cômodo e a quantidade de BTUs, por exemplo.

LEIA: Ar-condicionado Wi-Fi: veja sete marcas que oferecem a tecnologia

Ar-condicionado smart é o modelo inteligente com conectividade Wi-Fi — Foto: Reprodução/Elgin

Ar condicionado que gasta pouca energia? Veja dicas e opções no Fórum do TechTudo.

O ar-condicionado Inverter tem um sistema mais tecnológico que promete economizar na conta de energia no fim do mês. Os modelos tendem a aparecer no mercado no modelo Split, que mantém a condensadora e a evaporadora separados. Além disso, é possível encontrar também o compressor Inverter nos dispositivos portáteis e comerciais.

O destaque do ar-condicionado Inverter está em sua motorização, que nunca se desliga completamente. Com isso, o aparelho evita picos de consumo de energia elétrica e gela o ambiente em uma operação mais eficiente, mantendo uma temperatura mais constante nos ambientes.

Além disso, esse modelo costuma ser mais econômico: aparelhos que contam com a tecnologia podem economizar 40% de energia quando comparados aos convencionais. Outro destaque que vale mencionar é o seu baixo nível de ruído, que proporciona um funcionamento mais silencioso.

O ar-condicionado Inverter é uma boa opção para os usuários que desejam um ambiente confortável sem abrir mão da economia de energia. Porém, vale notar que os aparelhos dessa linha costumam ser mais caros no mercado, funcionando como um investimento a longo prazo.

Alguns modelos Inverter podem funcionar tanto para resfriar quanto para esquentar o ambiente — Foto: Reprodução/LG

O Dual Inverter é um modelo de ar-condicionado que funciona como um upgrade do Inverter comum. Tecnologia exclusiva da LG, essa versão conta com um compressor rotativo duplo, que mantém emissão de ar gelado (ou quente) estável. Desse modo, seu funcionamento interno é contínuo, o que evita picos de energia (e, consequentemente, ajuda no consumo de luz).

Seu principal diferencial em relação ao Inverter simples é justamente a economia: de acordo com a fabricante, pode ajudar a economizar em até 70% na conta de energia. Além disso, por ter menos vibração de seu compressor, o Dual Inverter também é mais silencioso do que os demais modelos de ar-condicionado, o que o torna ideal para quem busca um condicionamento de ar sem muito barulho.

Porque essa tecnologia é mais moderna, o Dual Inverter está disponível em modelos split e smart, podendo ser controlado por assistente de voz. Seu preço é mais alto do que as demais versões de ar-condicionado – por isso, como o Inverter simples, trata-se de um investimento a longo prazo.

LG Dual Inverter Voice UV Nano economiza até 70% na conta de luz — Foto: Divulgação/LG

Os modelos de ar-condicionado portáteis são a opção ideal para quem deseja climatizar diversos ambientes diferentes da casa, já que pode ser transportado e instalado de acordo com o desejo do usuário. O dispositivo também é uma boa alternativa para quem mora em prédios e casas que não têm estrutura para outros modelos, além de serem úteis para quem viaja com frequência.

Por conta do processo de instalação mais prático, os aparelhos desse segmento podem ser uma boa opção para quem busca mais comodidade. Mas esse tipo de ar-condicionado tem de ser alocado próximo a uma janela, já que precisa "jogar para fora" o ar quente do ambiente através de um tubo acoplado. É importante lembrar também que, mesmo com a promessa de ser portátil, alguns modelos podem pesar até 30 kg.

O ar-condicionado portátil também pode ser menos eficiente que um modelo de parede – ou seja, quem deseja um ambiente climatizado com mais precisão pode encontrar dificuldades. Além disso, o modelo ocupa um espaço no chão do ambiente, sendo um empecilho caso o cômodo seja muito pequeno.

Ar-condicionado LG Dual Inverter Voice portátil — Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo

O ar-condicionado smart é a opção ideal para quem deseja ficar por dentro das novas tecnologias do mercado. O dispositivo pode ser controlado à distância diretamente por celulares ou assistentes de voz, como a Alexa e a Google Assistente. Além de mais praticidade para comandar o aparelho, também é possível acessar recursos exclusivos, como ajustes de temperatura.

Entre os destaques dos modelos smart, é possível encontrar funções muito úteis, como a emissão de alertas sobre a necessidade de manutenção do ar-condicionado. Com isso, o usuário pode ficar despreocupado, já que o próprio aparelho avisa quando é necessário limpar os filtros ou realizar outros reparos específicos. Além disso, alguns modelos contam com recursos de inteligência artificial, que podem ajustar o funcionamento do dispositivo conforme as condições do ambiente.

Os modelos smart também podem apresentar recursos práticos, como refrigeração do ambiente sem vento gelado e filtros mais eficientes para a contenção de fungos, vírus e bactérias. Esses aparelhos geralmente são encontrados no modelo split e com sistema de motorização Inverter, o que pode também garantir mais economia na conta de energia. O seu custo tende a ser mais elevado por conta das diversas tecnologias implementadas.

Os modelos de ar-condicionado smart podem ser controlados pelos celular — Foto: Divulgação/LG

O ar-condicionado de janela é um modelo muito tradicional que pode ser encontrado por preços mais acessíveis no mercado atualmente. O dispositivo tende a funcionar como uma melhor opção para ambientes menores, como escritórios, quartos e salas pequenas. Sua instalação é simples, mas requer a estrutura necessária no ambiente, podendo ser alocado em janelas, vitrais ou mesmo na parede.

O dispositivo de janela, no entanto, pode ter um maior gasto energético do que os modelos split. Apesar de ser compacto, o modelo é construído em uma única estrutura, o que pode gerar um nível maior de ruído no ambiente.

Ar-condicionado de Janela Springer Midea QCI 10.000 BTUs — Foto: Divulgação/Midea

O ar-condicionado split é um modelo composto por uma condensadora, que fica instalada na parte externa do ambiente e que realiza a refrigeração, e uma evaporadora, que emite o ar gelado. O modelo pode ser encontrado com sistema Inverter, smart ou também com a motorização tradicional.

Por ser mais complexa, a instalação do modelo split pode requerer um técnico especialista na área. Além disso, é necessário que haja espaço suficiente na parede externa e interna do ambiente, para que o aparelho seja alocado com segurança. Quem mora em prédios ou casas que não permitem esse tipo de instalação deve optar por outros modelos, como o de janela ou o portátil.

O ar-condicionado split costuma fazer menos barulho no ambiente, já que o seu motor trabalha isoladamente no lado de fora do cômodo. Além disso, seu design tradicional retangular pode se encaixar bem em diversos ambientes. É importante considerar, porém, que o preço do dispositivo split pode ser mais elevado, com instalação à parte feita por um profissional da área de refrigeração.

Ar-condicionado split é um modelo silencioso — Foto: Reprodução/Elgin

WindFree ("livre de vento", em tradução livre) é uma tecnologia desenvolvida pela Samsung. Exclusiva de aparelhos da marca, seu diferencial é a maneira como dissemina o ar pelo ambiente: em vez dos jatos de vento usualmente encontrados em ar-condicionado, o WindFree mantém o ambiente resfriado (ou aquecido) através de seus microfuros. Desse modo, evita desconfortos e garante um condicionamento mais homogêneo do ar.

Silencioso e econômico, esse modelo é voltado para quem busca um ar-condicionado que faça pouco barulho e impacte pouco a conta de luz. Isso porque ele funciona com tecnologia Digital Inverter Ultra – que, de acordo com a Samsung, garante até 77% de economia de energia. Outro destaque do aparelho é seu filtro interno, que busca eliminar até 99% de bactérias.

O WindFree pode ser encontrado na versão split com opção smart, que permite controle por assistente de voz e/ou por aplicativo. O modelo inteligente também conta com outras vantagens, como modos exclusivos voltados aos seus hábitos de uso. A desvantagem do aparelho é o seu preço, que fica acima dos demais ar-condicionados do mercado. Por isso, é um investimento a longo prazo.

Tecnologia WindFree promete boa noite de sono com refrigeração sem vento direto — Foto: Divulgação/Samsung

Nota de transparência: Shoptime e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques.

Com informações de Samsung (1 e 2)

Ar-condicionado portátil: 5 opções para comprar por até R$ 3,5 mil Ar-condicionado quente e frio vale? Veja prós e contras antes de comprar

Ar condicionado portátil vale a pena? Veja qual aparelho é melhor comprar
Ar condicionado portátil vale a pena? Veja qual aparelho é melhor comprar

Ar-condicionado portátil vale a pena? Veja qual aparelho é melhor comprar

Fonte: www.techtudo.com.br/listas/2022/01/ar-condicionado-inverter-portatil-ou-smart-conheca-os-diferentes-tipos.ghtml