Programa Onda Verde promete agilizar o trânsito nas principais avenidas de São Luís

A Prefeitura de São luís lançou nesta segunda-feira (4), o programa Onda Verde, ação que pretende agilizar o trânsito nas principais vias e melhorar o trânsito da capital maranhense. A ação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) começa no trecho entre o Elevado da Cohama e a Ponte do São Francisco e na Avenida Daniel de La Touche.

Através de um sistema inteligente, todos os semáforos serão sincronizados para abrirem ao mesmo tempo. Com isso, os condutores poderão chegar ao seu destino, em média, de 30% a 50% mais rápido.

“Estamos realizando uma série de intervenções no trânsito para melhorar o dia a dia de quem trafega pelas avenidas e ruas de São Luís. O Onda Verde é uma medida aparentemente simples, mas que faz toda a diferença na fluidez no tráfego. Vamos diminuir o tempo de deslocamento, fazendo com que as pessoas possam chegar mais rápido à sua casa, ao seu lazer ou ao seu local de trabalho”, assegurou o prefeito Eduardo Braide. 

Segundo a Prefeitura, o sistema de sincronização de semáforos conhecido como Onda Verde, consiste na abertura em sequência dos sinais de trânsito, permitindo maior fluidez ao tráfego.

O objetivo é facilitar o tráfego em pontos específicos, bem como evitar congestionamentos ocasionados pelo fluxo intenso de veículos nas vias, permitindo que os condutores realizem percursos com mais rapidez, evitando, dessa forma, retenção de trânsito.

De acordo com a SMTT, nesta primeira fase a Onda Verde será iniciada na Avenida Jerônimo de Albuquerque, na altura do Elevado da Cohama, seguindo pelo trecho que se inicia no Vinhais, seguindo pela Avenida Colares Moreira, Avenida Marechal Castelo Branco até a Ponte do São Francisco e ao longo da Avenida Daniel de La Touche. 

No total, serão 29 cruzamentos controlados pela ferramenta. Segundo os estudos realizados pela SMTT para a implantação do sistema, o ganho de tempo no trecho entre o Elevado da Cohama e a Ponte do São Francisco será de 30%. Já ao longo da Avenida Daniel de La Touche será de 50%. Ainda de acordo com o órgão, a Onda Verde deve garantir que os condutores trafeguem sempre com velocidade média de 60km/h nestes trechos. 

As operações serão controladas por técnicos direto do Centro de Controle de Operações (CCO) da SMTT, através de um servidor instalado da sede do órgão, no bairro do Ipase. Por meio deste sistema sempre que for identificado qualquer problema nos sinais, que necessite de reparo ou ajuste, este será realizado de forma imediata do próprio CCO. 

O titular da SMTT, Cláudio Ribeiro, informou que a Onda Verde integra um conjunto de ações para modernizar o sistema de trânsito e transportes da capital. “Antes, para refazer a programação dos semáforos o operador tinha que ir em cada ponto e fazer a alteração de forma manual. Agora, controlamos todo o sistema de forma on-line diretamente da sede da secretaria”, explicou.

Fonte: oimparcial.com.br/noticias/2021/10/programa-onda-verde-promete-agilizar-o-transito-nas-principais-avenidas-de-sao-luis