Pacientes de Imperatriz com Covid-19 são transferidos para São Luís

Por conta do aumento significativo nos casos do novo coronavírus, unidades de saúde estão sobrecarregadas e o reflexo disso são os pacientes precisando ser transferidos para outros municípios.

Na manhã de segunda-feira (1), em Imperatriz, a segunda maior cidade do estado só possuía 2 leitos de UTI disponíveis. Por conta disso, os pacientes precisaram ser transferidos às pressas para a capital maranhense.

Leia também:

O hospital universitário liberou 10 leitos de UTI e 20 leitos de enfermaria. Em seus pronunciamentos o governo aponta que ainda não é o momento para medidas extremas, como o lockdown. Estão sendo feitas as ampliações de leitos, intensificação na fiscalização dos estabelecimentos e a realização dos testes.

Na segunda-feira (01), o governador Flávio Dino, juntamente dos prefeitos municipais da grande São Luís e de Imperatriz, decidiu que o lockdown ainda não será decretado no estado do Maranhão. A reunião também contou com a presença e decisão de representantes do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA).

Outra medida decidida foi de que eventos presenciais não serão mais permitidos dentro do estado, incluindo aqueles que possuem até 150 pessoas que anteriormente estavam sendo permitidos.

Sobre o comércio e demais atividades do ramo, ainda não há determinações oficiais a respeito, mas há indícios de que novas medidas de restrições sejam tomadas com relação a esse setor. No entanto, apenas após o encontro entre o governador e representantes do comércio que ocorrerá na terça-feira (02), as restrições serão tomadas.

Fonte: oimparcial.com.br/cidades/2021/03/pacientes-de-imperatriz-sao-transferidos-para-sao-luis