Entidades e pessoas de influência no Maranhão lamentam morte de Sálvio Dino

Após anúncio da morte de Sálvio Dino, pai do governador do Maranhão, entidades e pessoas de influência no Maranhão lamentaram por meio de notas e em sua redes sociais o falecimento do escritor.

Há algumas semanas ele tinha sido diagnosticado com a Covid-19 e acabou morrendo em decorrência de complicações causadas pela doença.

Leia também:Pai do governador do Maranhão, Sálvio Dino morre vítima de Covid-19

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) por meio de nota disse que “se solidariza com a família e amigos nesse momento de profunda dor”.

É com muito pesar que o Ministério Público do Maranhão, por meio do procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, lamenta a morte do ex-deputado estadual Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino, do subprocurador-geral da República, Nicolao Dino, do advogado Sálvio Dino Júnior e do bacharel em Direito Saulo Costa.Membro da Academia Maranhense de Letras, Sálvio Dino deixa um legado literário, com 13 obras publicadas, e na política, na qual teve mandatos de vereador, deputado estadual e prefeito do município de João Lisboa.O Ministério Público se solidariza com a família e amigos nesse momento de profunda dor.

A Secretaria de Estado da Cultura (Secma) também emitiu uma nota lamentando o falecimento do ex-deputado estadual que também era membro da Academia Maranhense de Letras. “A Secma expressa condolências e deseja conforto espiritual a todos os familiares e amigos”, disse a secretaria.

A Secretaria de Estado da Cultura lamenta o falecimento do ex-deputado estadual e ex-prefeito do município de João Lisboa, Sálvio Dino Jesus de Castro e Costa, 88 anos, pai do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).Advogado, membro da Academia Maranhense de Letras, Sálvio Dino também era pai do procurador da República Nicolao Dino e do advogado Sálvio Dino Júnior.Neste momento de dor pela perda, a Secma expressa condolências e deseja conforto espiritual a todos os familiares e amigos.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, em suas redes sociais também escreveu prestando solidariedade a família Dino neste momento de perda e decretou três dias de luto em São Luís.

Não há palavras que possam amenizar a dor neste momento de profunda tristeza, mas rogamos a Deus conforto e consolo a todos os familiares e amigos.Em memória de Sálvio Dino, decreto luto oficial por três dias em São Luís.

— Edivaldo Holanda Jr (@EHolandaJr) August 24, 2020

A Assembleia Legislativa do Estado do Estado do Maranhão também foi um dos órgãos que se manifestou em lamento e decretou luto oficial de três dias no Parlamento Estadual maranhense.

A Assembleia Legislativa do Estado do Estado do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento do ex-deputado estadual e procurador aposentado Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino (PCdoB), ocorrido nesta segunda-feira (24), em São Luís. Decretamos luto oficial de três dias no Parlamento Estadual maranhense.Natural de Grajaú (MA), Sálvio Dino era jornalista, advogado e escritor. Membro da Academia Maranhense de Letras, ocupava a cadeira n° 32. Foi fundador da Academia Imperatrizense de Letras, da qual foi vice-presidente em 1991/1992.Sálvio Dino também teve destacada trajetória na política maranhense. Foi eleito vereador de São Luís em 1954 e reeleito em 1958. Em 1962, elegeu-se deputado estadual do Maranhão. Após, foi cassado, em 1964, pelo golpe militar. Em 1974, foi novamente eleito deputado estadual e prefeito do município de João Lisboa no período de 1989 a 1997. Além do governador Flávio Dino, Sálvio Dino é pai do procurador da República, Nicolau Dino, do advogado Sálvio Dino Júnior e do empresário Saulo Dino. Era casado com Iolete Aranha de Castro e Costa. Neste momento de dor pela perda do ente querido, a Assembleia Legislativa solidariza-se com os familiares e amigos, a quem manifesta sinceros pêsames. 

Por meio de nota o ex-presidente do Brasil, José Sarney, que tinha uma longa amizade com Sálvio, também se solidarizou com a família Dino. “O Maranhão acaba de ter uma grande perda com a morte de Sálvio Dino. Meu amigo da vinda inteira, militamos juntos na política e na literatura e fomos confrades na Academia Maranhense de Letras. Lamento profundamente seu falecimento”, disse José Sarney.

O Maranhão acaba de ter uma grande perda com a morte de Sálvio Dino. Meu amigo da vinda inteira, militamos juntos na política e na literatura e fomos confrades na Academia Maranhense de Letras. Lamento profundamente seu falecimento. Era um escritor que deixou uma marca na literatura sobre o sertão do Maranhão com livros que são referências. Foi uma liderança marcante e consagrada no sul do Maranhão, notadamente em Imperatriz e João Lisboa. Deputado, secretário de Estado, prestou relevantes serviços. Desde o início de nossas vidas nos integramos em campanhas memoráveis de nossa geração, que marcou época no Estado. Associo-me à dor da família, marcadamente seus filhos, entre os quais quero destacar Sua Excelência o Governador do Estado, Doutor Flávio Dino, e na sua pessoa quero transmitir o meu pesar a todos os seus.

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, em seu perfil oficial do Instagram também lamentou a morte de Sálvio. “Notícia muito triste hoje cedo. Perdi um grande amigo”, lamentou Roseana.

View this post on Instagram

Notícia muito triste hoje cedo. Perdi um grande amigo, político com mandatos de deputado estadual, prefeito do município de João Lisboa, e que exerceu vários cargos no meu governo, com competência e dignidade – Consultor Jurídico e Assessor Especial. Sálvio Dino, intelectual reconhecido, foi membro da Academia Maranhense de Letras e das academias de Imperatriz, João Lisboa e Grajaú. Aos seus familiares, presto a minha solidariedade e conforto.

A post shared by Roseana Sarney Murad (@roseanasarneym) on Aug 24, 2020 at 7:28am PDT

Fonte: oimparcial.com.br/cidades/2020/08/entidades-e-pessoas-de-influencia-no-maranhao-lamentam-morte-de-salvio-dino

Coronavírus em Tempo Real