Casal é preso após torturar criança que adotaram faz menos de 2 meses

Um casal foi preso em flagrante em Londrina (PR), por espancar o filho, de 9 anos. A criança, adotada somente há dois meses em Mato Grosso do Sul, foi levada em estado grave ao Hospital Evangélico. Sarah Carvalho, de 23 anos, e Israel Antunes, de 29, admitiram as agressões.

Em depoimento, os pais confirmaram as agressões, porém alegaram que o filho teria mordido o dedo da mãe e a surra seria um corretivo na criança. “Veio me morder porque estava carregando ele para colocar no quarto para a gente poder conversar e disciplinar. Mordeu e foi para fora, saiu correndo e ficou gritando na porta. Pegamos ele, colocamos no quarto e disciplinamos de uma forma errada, já estava com a cabeça estourada. Falta de maturidade para agir com a situação”, disse a mãe.

O casal também admitiu chineladas e surra com uma varinha. Sobre graves ferimentos nas costas e na cabeça, os pais alegam que o menino se debateu enquanto era advertido. “Na bochecha e na panturrilha, foi eu. Como ele me mordeu, estava sem a outra mão, estava tentando segurar ele para tirar, a única coisa que eu vi ou dava uma cabeçada e iria machucar ele e a minha (cabeça) ou dava uma mordida, para pelo menos, ele assustar e soltar”, admitiu Sarah.

O casal preso e a criança espancada

Fonte: Plantão Brasil