Irmã de Neymar sai em sua defesa após jogador ser vítima de racismo

No jogo do PSG-Marseille, Neymar foi um dos expulsos da partida depois de se ver envolvido numa confusão com lvaro González. Antes de sair do campo, o craque brasileiro fez questão de denunciar uma situação de racismo do qual tinha sido vítima, depois de Ivaro, alegadamente, ter lhe chamado “macaco”. 

Após o sucedido, quem fez questão de sair em sua defesa foi a irmã, Rafaella Santos, através de uma publicação nas stories da sua conta de Instagram. 

“Vitórias e derrotas a gente aprendeu a lidar com o Juninho desde que ele é muito novinho, eu mais ainda, porque sou mais nova do que ele. Ele me ensinou que faz parte! Cresci assim, entre choros de derrotas e lágrimas das vitórias. Isso, mesmo eu ficando nervosa nos jogos, entendo que é o esporte. Aprendemos em todas as ocasiões, mas com racismo não! [Para] isso não existe consolo, não existe lágrima, existe revolta e desespero”, começa por dizer.

“Sentimento de frustração, de ver o que é feito e sem punição. Dia após dia fatos como esse de hoje, que ocorreu com meu irmão, ocorrem na vida e no esporte. E esses criminosos seguem aí, sem punição, rindo e debochando de seus crimes. Racismo é crime! Racismo não. Até quando?”, completou.

Veja o texto:

Notícias ao Minuto
Notícias ao Minuto
                                          [Texto publicado pela irmã de Neymar]                                                  © Instagram/Rafaella Santos

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br/fama/1652747/irma-de-neymar-sai-em-sua-defesa-apos-jogador-ser-vitima-de-racismo

Coronavírus em Tempo Real