Demitida da Globo, apresentadora revela que sofria assédio na emissora

Carina Pereira trabalhava na Globo de Minas Gerais, passando o Globo Esporte e o Bom Dia Minas

Carina Pereira, ex-apresentadora da Globo, disse estar em paz após sua demissão da emissora. A jornalista, que comandava o Globo Esporte de Minas Gerais e o Bom Dia Minas, inclusive, afirmou ter sido vítima de assédio moral por parte de seus superiores.

Em entrevista ao Portal UOL, a apresentadora revelou que sofria assédio moral e que, apesar de ter feito denúncia na ouvidoria e no RH, o caso não foi para frente.

“Eu nunca escondi nada de ninguém. E aí quando eu saí, muita gente ficou perguntando porque eu saí, ou ficaram tipo: ‘Sinto muito, é uma pena’. E eu queria contar um pouco da história, porque não era para sentirem pena de mim. Eu estava aliviada. Foi algo bom que aconteceu na minha vida e eu já estava me planejando”, contou Carina Pereira.

“Eu espero contribuir de alguma forma para a vida de alguém que possa estar vivendo uma situação parecida com a minha, que possa falar, que possa lutar pelos seus direitos. E, às vezes, para alguém que está fazendo o outro sofrer e não tem noção do quanto está sendo cruel, pode ser um alerta. Tomara que sirva de alerta ou de inspiração para alguém”, concluiu a apresentadora.

A Rede Globo de Minas Gerais ainda não se pronunciou sobre as acusações feitas por Carina Pereira.

A jornalista chegou à emissora em 2014 e trabalhou no Globo Esporte e no Bom Dia Minas.

Metrópoles