Ator de ‘Riverdale’ é condenado à prisão perpétua no Canadá após confessar crime

O ator Ryan Grantham, que esteve no elenco de “Riverdale” e “Diário de Um Banana”, foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato da sua própria mãe e, nos próximos 14 anos, não existe a possibilidade da defesa do artista entrar com um pedido de liberdade condicional. O crime aconteceu em março de 2020 e a sentença foi proferida na Suprema Corte da Colúmbia Britânica, em Vancouver, no Canadá, no último dia 21 de setembro, divulgou o Deadline. O próprio Ryan se entregou à polícia após dar um tiro na nuca da mãe, Barbara Waite, de 64 anos, na casa da família. Antes disso, o plano era outro. Ele gravou um vídeo mostrando o corpo e confessando o assassinato, mas fugiu com a intenção de matar o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau. Ele também considerou realizar um tiroteio em massa em uma universidade de Vancouver. Ryan escreveu sobre isso em um diário que foi usado como evidência no caso. Ao desistir dos seus planos iniciais, ele foi à delegacia e se entregou. Ryan foi colocado sob custódia e, desde então, está participando de um programa de saúde mental na prisão. Como ator, ele esteve em cerca de 30 produções, sendo o personagem Jeffrey Augustine, que aparece na quarta temporada de “Riverdale” um dos mais conhecidos. Ele também fez participações em “Sobrenatural”, “iZombie” e “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus”.

Fonte: https://jovempan.com.br/entretenimento/famosos/ator-de-riverdale-e-condenado-a-prisao-perpetua-no-canada-apos-confessar-crime.html