Artigos

Especialista em finanças dá dicas para usar o 13º salário de maneira eficiente

Foto: Reprodução

Gildenor Pereira Leite Filho é contador e avalia que é importante que todos tenham cautela com o valor extra a fim de entrar em 2024 sem dívidas;

O décimo terceiro salário começou a ser pago para quem trabalha em regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o dinheiro extra tem o potencial de injetar na economia brasileira cerca de R$ 249,8 bilhões neste ano. Mas, a pergunta que sempre fica no ar é: qual a melhor estratégia financeira para usá-lo? 

Comprar presentes de Natal, investir em renda fixa ou guardar o dinheiro em uma caderneta de poupança? De acordo com o coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera, Gildenor Pereira Leite Filho, é importante que todos tenham cautela com o valor extra, analisando com calma o que fazer, já prevendo 2024 e entrar no ano novo sem dívidas.

“Para garantir tranquilidade após as festas, é interessante se planejar com o dinheiro do décimo terceiro, gastar com cautela e não usar a verba para comprar itens que não sejam necessários. Tente quitar dívidas, caso as tenha, assim será possível passar as próximas festividades sem apuros financeiros.  O mais importante é não adquirir novos boletos. Pense em ter a vida financeira equilibrada”, pontua.

Entre as maneiras de utilizar bem o valor extra estão:  pagar as contas do início do ano, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), fazer investimentos ou poupar parte do dinheiro.

“Se não tiver dívidas para quitar, reserve o valor para imprevistos ou mesmo para adquirir algum objeto com desconto, pois com dinheiro em mãos é mais fácil negociar e reduzir o preço”, aconselha. 

O coordenador do curso de Ciências Contábeis elencou algumas dicas cruciais para usar o décimo terceiro salário de forma inteligente. 
 Dívidas: Quem está no cheque especial ou parcelas de financiamento no cartão de crédito, deve usar o décimo terceiro salário para quitar essas dívidas. Se não der para “zerar” tudo, comece pelas contas que cobram os juros mais altos. Use a quantia recebida para ganhar abatimento das dívidas na hora da negociação. 
 Contas do começo do ano: O planejamento é fundamental para tudo na vida. Já pensou começar o ano com o IPTU, IPVA, matrículas e materiais escolares pagos? Pois é, utilize o recebimento de novembro e dezembro para começar 2023 com folga no orçamento.

Reserva de emergência: Ter um fundo para imprevistos é fundamental para deixar a cabeça tranquila. Nunca se sabe quando vai ocorrer uma doença na família ou a perda do emprego. Por isso, aproveite o salário extra para iniciar um “fundão”. O ideal é que se tenha um valor equivalente a, pelo menos, seis meses de despesas mensais. 

Investimentos: Se você já tem um fundo para emergências e não tem dívidas, aproveite para investir. Escolha investimentos adequados às suas necessidades. O salário também pode se transformar no primeiro passo para contratar produtos financeiros que garantam a segurança financeira de todos da sua casa. Sempre aplique o dinheiro de forma estratégica, de olho no futuro.

Presentes: Se ainda assim você é daqueles que não consegue ficar sem gastar na época em que mais se presenteia, busque promoções. Antecipe as compras, utilize apenas uma parte do valor recebido para os presentes. 

Avalie suas Necessidades e Prioridades: Antes de tomar decisões sobre como usar o décimo terceiro, avalie suas necessidades financeiras imediatas, como quitar dívidas, e identifique metas de longo prazo, como aposentadoria ou educação.

Contribua para Previdência Privada ou Pública: Se não estiver contribuindo para um plano de previdência, considere direcionar uma parte do décimo terceiro para isso, garantindo um futuro financeiro mais estável.

Diversifique Investimentos: Se já estiver investindo, considere diversificar sua carteira. Isso pode envolver a alocação de parte do décimo terceiro em diferentes classes de ativos, como ações, títulos ou fundos mútuos.

Equilíbrio e Autoindulgência Consciente: Embora seja importante ser financeiramente responsável, também é válido reservar uma pequena parte do décimo terceiro para algo que traga satisfação pessoal, desde que seja feito de maneira consciente.

“Por fim, tenha consciência que o planejamento financeiro é pessoal e deve refletir suas metas e circunstâncias individuais e o recomendável é, se possível, consultar um profissional financeiro para obter uma orientação personalizada”, destaca.

Sobre a Anhanguera 

Fundada em 1994, a Anhanguera oferece educação de qualidade e conteúdo compatível com as necessidades do mercado de trabalho por meio de seus cursos de graduação, pós-graduação, cursos Livres, preparatórios, com destaque para o Intensivo OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); profissionalizantes, nas mais diversas áreas de atuação; EJA (Educação de Jovens e Adultos) e técnicos, presenciais ou a distância, visando o conceito lifelong learning, no qual proporciona acesso à educação em todas as fases da jornada do aluno. São mais de 15 mil profissionais e professores entre especialistas, mestre e doutores. 

Além disso, a instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola, na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas. A Anhanguera tem em seu DNA a preocupação em compartilhar conhecimentos com toda a sociedade a fim de impactar positivamente as comunidades ao entorno das instituições de ensino. Para isso, conta com o envolvimento de seus alunos e colaboradores a partir de competências alinhadas às práticas de aprendizagem e que contribuem para o desenvolvimento do País. 

Com grande penetração no Brasil, a Anhanguera está presente em todas as regiões com 106 unidades próprias e 1.398 polos em todos os estados brasileiros.