Após três tentativas, ator de ‘Roma’ consegue visto e poderá ir ao Oscar

Depois de ter seu visto negado três vezes pelas autoridades imigratórias americanas, o mexicano Jorge Antonio Guerrero, conhecido por seu papel como Fermín em Roma (2018), compartilhou uma boa notícia: ele conseguiu o documento e poderá embarcar para Los Angeles afim de participar da cerimônia do 91º Oscar.

A nove dias da festa, Guerrero foi ao Instagram comemorar a novidade com seus seguidores. “É uma alegria compartilhar com vocês que depois dos trâmites correspondentes, tenho o visto americano em mãos”, anunciou na rede social. “Quero expressar minha mais profunda gratidão à Secretaria de Relações Exteriores por ser um vínculo fundamental para essa conquista, à embaixada dos EUA e seus diplomatas que tiveram a gentileza de se aproximarem de mim, aos meus companheiros por seu apoio inestimável, à minha equipe por caminhar comigo a cada passo, aos novos amigos e associações que amavelmente estenderam sua mão para ajudar, à Netflix por seu apoio durante o processo.”

View this post on Instagram

@USEmbassyMEX

A post shared by Jorge A Guerrero (@jorgeaguerrero_) on Feb 13, 2019 at 8:46am PST

Em entrevista à revista Quién em janeiro, o ator contou que já havia tentado tirar o visto americano em três ocasiões diferentes: na primeira, como turista e, nas outras duas, como convidado da Netflix para participar de eventos como o Globo de Ouro e o Oscar. A embaixada americana se recusou a ler a carta-convite de uma produtora, afirmando que Guerrero tinha a intenção de ir ao país para procurar trabalho. “Se pudéssemos encontrar uma maneira de um funcionário consular ou outra pessoa ler essas cartas-convite, eles poderiam entender a minha figura artística e o intercâmbio cultural que está ocorrendo entre duas nações”, afirmou na época.

A premiação do Oscar acontece no dia 24 de fevereiro e Roma, dirigido pelo também mexicano Alfonso Cuarón, lidera o número de indicações, ao lado de A Favorita, com dez nomeações, incluindo melhor filme e diretor.