A reconciliação do ex-sócio de Mendes na disputa pela PGR

Levado pela deputada Bia Kicis ao presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta, o subprocurador Paulo Gustavo Gonet foi um dos fundadores do IDP, o Instituto Brasiliense de Direito Público, junto com o ministro do Supremo, Gilmar Mendes.

Há dois anos, Gonet vendeu as ações que tinha no instituto por 12 milhões de reais para Francisco Mendes, filho de Gilmar.

De lá pra cá, o IDP teve expressiva valorização, o que provocou uma rusga no relacionamento entre Gonet e Gilmar, superada agora com a campanha pela indicação de Gonet para a Procuradoria-Geral da República.

Fonte: veja.abril.com.br/blog/radar/a-reconciliacao-do-ex-socio-de-mendes-na-disputa-pela-pgr