A força dos nerds e outras notas curiosas sobre o trabalho no Brasil

São Paulo – Confira as principais notas sobre o que está acontecendo nas empresas por todo o Brasil, publicadas na revista Você S/A de junho.

Força nerd

A área de tecnologia é conhecida por estar cheia de fãs da cultura geek, como videogames, super-heróis e quadrinhos. Por isso, desde 2014 a empresa de ­software de gestão Senior comemora o Dia do Orgulho Nerd, celebrado anualmente em 25 de maio.

“A iniciativa partiu dos próprios funcionários e a gente abraçou a ideia”, diz Jussara Dutra, diretora de RH da empresa. Durante um dia, os 1 700 empregados espalhados pelos 15 escritórios da Senior, em cidades como Blumenau, São Paulo, Recife e Rio de Janeiro, podem ir trabalhar fantasiados de personagens da cultura pop, como Darth Vader e Harry Potter.

A empresa ainda realiza outras atividades, como quizzes, campeonatos de videogame e de jogos de tabuleiro, além da montagem de papertoy (miniaturas de brinquedos em papel). “Cada escritório decide como festejar a data e sempre é muito divertido”, diz Jussara.

Jovens e éticos

Com tantos escândalos políticos, ter princípios morais é algo que vem ganhando mais relevância nas empresas e na sociedade. E os jovens estão atentos para demonstrar que possuem os valores corretos.

Tanto é que, segundo uma pesquisa do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube), mais da metade das pessoas de 15 a 28 anos quer se destacar fazendo ações e gestos éticos. O estudo, publicado em maio, ouviu 29 356 entrevistados.

imagem10-06-2019-21-06-04

Pai em tempo integral

A partir de julho, os papais da Diageo, dona das marcas Johnnie Walker e Smirnoff, terão licença-paternidade de 26 semanas. A iniciativa faz parte de uma política global anunciada no final de maio.

Segundo a empresa, que tem 900 funcionários no Brasil, a licença estendida para os homens era uma demanda dos empregados e surgia com frequência nas discussões do comitê de diversidade.

Para Tatiana Sereno, diretora de recursos humanos da Diageo para Paraguai, Uruguai e Brasil, medidas como essa reforçam o comprometimento da companhia com a diversidade. “Precisamos estimular os homens a ocupar seu papel de pai e a entender que é necessário dividir as tarefas por igual, não só ‘ajudar’ ”, afirma a executiva.

 

Apoio feminino

Em abril, a agência de publicidade IDTBWA, com escritórios em São Paulo e Brasília, lançou o programa Women ADvice para ajudar na recolocação de mulheres no mercado de trabalho.

Por meio de mentorias gratuitas, realizadas pelos funcionários da própria empresa, a ação avalia os objetivos de carreira das trabalhadoras e encaminha as profissionais a vagas internas ou de clientes, fornecedores e agências parceiras. Atualmente, 53 mulheres de todo o país estão inscritas no projeto.

Segundo Camila Costa, CEO da IDTBWA, o programa tem a ver com o posicionamento da companhia, que sempre valorizou a diversidade. “Temos projetos de inclusão, como recrutamento às cegas, e conseguimos a equidade de gênero de nosso quadro”, afirma.

Em falta

Segundo um levantamento da Kenoby, startup de recrutamento e seleção, os profissionais de recursos humanos sentem falta de tecnologias específicas para a área.

A pesquisa, que ouviu 2 618 executivos de RH, apontou que apenas 7% consideram ótimo o investimento em inovação no setor de gestão de pessoas por parte das empresas.

imagem10-06-2019-21-06-07

Fonte: exame.abril.com.br/carreira/a-forca-dos-nerds-e-outras-notas-curiosas-sobre-o-trabalho-no-brasil